BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

O Cume do monte íntimo

Cada indivíduo, que qualquer estágio de consciência em que se encontre, tem a própria montanha a escalar, formatando as estruturas intimas pelas pedras, musgos e planícies que encontrar no caminho.

E assim desenvolvem-se as virtudes, que são o impulso para a subida constante.

Por vezes nos perdemos nos desafios, nos arranhões sofridos, em pequenas quedas ou mesmo quando traumas mais profundos nos atingem, e então nos tornamos temporariamente incapazes de observar as belas paisagens que nos cercam.

O recurso mais importante que nos foi fornecido para esta escalada é a prece. Ela nos amplia a acuidade visual, abre-nos os ouvidos para os puros sons que nos cercam, gera os recursos para sanar os arranhões e traumas, promovendo não somente a cura, quanto a força para continuar e, de repente, vemos novamente as belezas em cada platô que alcançamos.

E nestes momentos, envoltos na prece de gratidão, nos tornamos capazes de observar que, em todos os momentos da escalada, estivemos acompanhados. O Mestre escala conosco, curando as feridas e nos empurrando para conquistas mais altas, sacrificando-se por nós, a fim de que possamos obter nossa plenitude ao chegar ao cume da montanha.

Psicografia da Equipe Espiritual da Asseama