BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Nossos destinos

A Terra, em suas leis naturais, planejadas e implantadas pelo Cristo e seus trabalhadores do bem, reflete em sua estrutura a história da evolução.

O dia e a noite demonstram o íntimo de todos os espíritos que a habitam.

Cogita-se sempre que a noite representa o mal, no entanto, representa a sombra, o desconhecido.

Desde os espíritos em fase inicial de evolução, no reino mineral e vegetal, completamente inconscientes, ou seja, absolutamente inseridos no desconhecimento de si mesmos. Sem a consciência desperta, são apenas sombra.

Já os irmãos que adentram a fase de animais, iniciam os pródromos da luz, na relação, no entendimento do corpo, no desenvolvimento das emoções. E assim, a cada passo, estimulado o espírito pelos desafios que surgem, caminha do desenvolvimento de si mesmo, adentrando a fase de humanidade, explora a própria sombra a partir das reações emocionais mediante os obstáculos e os estímulos, reconhecendo a si mesmo, pouco a pouco, como espírito.

A sombra dilui-se completamente e a luz se faz integral quando adentra o espírito a fase de arcanjo.

Assim sendo, ampliemos a visão reducionista da vida atual e da matéria, adentrando o campo da imortalidade que nos pertence, e do tempo infinito em que estamos inseridos, conquistando por nós mesmos a felicidade. Aproveitemos a música orquestrada das emoções, analisando-as sem preconceito, com amor e acolhimento, a fim de desvendarmos o maior mistério de todos: quem realmente somos e quem estamos destinados a ser.

Psicografia da Equipe Espiritual da Asseama