BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

As estradas que levam a Deus

As estradas do espírito multiplicadas nas reencarnações incontáveis transitam durante longo período no processo de inconsciência até que, em determinada fase do processo de humanização, ele abre os olhos para compreender que caminha rumo à conquista do amor nos campos da angelitude.
A compreensão de qual percurso fazer passa pelo entendimento de que alguém zela por nós, porquanto observa o espírito as transformações no meio físico a fim de que seu olhar se modifique e possa então compreender as novas estradas que se apresentam. Esse olhar da verdadeira vida
o retira pouco a pouco da ilusão e constrói a verdadeira fé.
Assim, diante dos tijolos que parecem desabar, diante dos telhados que parecem desaparecer, diante dos vendavais que parecem surgir, lembra com o coração cheio de fé que és um espírito imortal, caminhando pela estrada da evolução e que precisa em cada uma das etapas aprender para onde olhar.
A verdadeira direção está no evangelho mas o Evangelho precisa ser, acima de tudo, sentido para aí sim ser praticado e são as tempestades da vida que nos sensibilizam para enxergar o farol das lições imortais de Jesus.
A calmaria é o pressuposto do aprendizado. Com o tempo na eternidade, aprende o homem que é espírito e com o tempo o espírito em fase de humanidade aprende que, tal qual ele, todos que o cercam seguem pela mesma direção.
Em determinado momento da evolução finalmente compreende o homem que as dores são as portas para a paz. Então, se imbui de gratidão por tudo que o cerca, pelo amor que verte do alto. É então que se torna capaz de perceber as mãos amorosas que o cercam com as mensagens de luz e de coragem. E descobre que tais mãos nunca o deixaram sozinho.
Vamos aceitar os convites que vertem incontáveis do mais alto, promovendo a nós mesmos a posição de discípulos de Jesus através da confiança na vida imortal, do amor pelo Mestre e da gratidão pelas lições.

Equipe Espiritual da Asseama