BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Apenas o amor nos converte

No livro Boa nova, psicografado por Chico Xavier, Humberto de Campos,
no capítulo 7, nos traz importantes informações sobre o olhar do Cristo
para os endemoniados. Tadeu, um dos discípulos que mais se impressionava com os encontros do Mestre com esses espíritos, sempre questionava a razão do Mestre não lhes transmitir o poder de expulsar os demônios para que pudessem dominar os adversários da causa divina.

Se era fácil a Jesus a cura integral dos endemoninhados, por que não provocava Ele a aproximação geral de todos os inimigos da luz, a fim de que, pela Sua autoridade, fossem convertidos?

Jesus, em diálogo com Tadeu, esclarece: “…Os grandes patrimônios da vida não pertencem às forças da Terra, mas às do Céu. O homem que dominasse o mundo inteiro com a sua força, teria de quebrar a sua espada sangrenta ante os direitos inflexíveis da morte…”

Tadeu pede a Jesus para continuar, dizendo: “Vossos raciocínios me iluminam o coração; mas, terei errado externando meus sentimentos de piedade pelos espíritos malfazejos? Não devemos, então, convocá-los ao bom caminho?

Jesus responde: “… Só a luz do amor divino é bastante forte para converter uma alma à verdade. Já viste algum contendor da Terra convencer-se tão só pela força das palavras do mundo? As dissertações filosóficas não constituem toda a realização. Elas podem ser um recurso fácil da indiferença ou uma túnica brilhante, acobertando penosas necessidades. O reino de Deus, porém, é a edificação divina da luz. E a luz ilumina, dispensando os longos discursos. Capacita-te de que ninguém pode dar a outrem aquilo que não possui no coração. Vai! Trabalha sem cessar pela tua grande vitória. Zela por ti e ama teu próximo, sem olvidares que Deus cuida de todos.”

Somente esse sentimento tem o poder de transformar verdadeiramente as pessoas

Nesse diálogo com Tadeu, Jesus nos traz lições de amor ao próximo, lembrando-nos que somos irmãos e que toda criação é de Deus e que, um dia, os que vestem a túnica do mal, envergarão a da redenção pelo bem.

Meditemos sobre as palavras de Jesus e veremos que não basta ensinar o caminho da verdade e do bem aos espíritos perturbados. É indispensável que edifiquemos em nós a fortaleza luminosa e sagrada do reino de Deus. Ouçamos Jesus, em Lucas, cap. XI, v.24,26:

“Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando, e não o achando, diz: “Voltarei para a casa de onde saí; e, ao chegar, acha-a varrida e adornada. Depois, vai e leva mais sete Espíritos piores do que ele, que ali entram e habitam; e o último estado daquele homem fica pior do que o primeiro.”