BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

A construção do pensamento

Em “O Livro dos Espíritos”, encontramos o conceito de Trindade universal. Demonstra-nos o Espírito de Verdade que tudo no universo é constituído de três elementos básicos: Deus, espírito e matéria. Esse conceito nos parece simples num primeiro momento, no entanto, ao trazer esse aprendizado para a vivência cotidiana, conseguimos entender que tudo que não é Deus ou espírito é matéria.

Ao estudarmos o livro “Mecanismos da Mediunidade”, do espírito André Luiz ditado através da psicografia de Francisco Cândido Xavier, compreendemos o pensamento como manifestação primordial do espírito. Nessas páginas luminosas, observamos que, sendo o pensamento uma expressão do espírito e não o espírito em si, trata-se de matéria mental que se manifesta em dois níveis diferentes.

A primeira é formatada por ondas longas, através das quais o espírito coordena o corpo. Essa forma de pensamento já é iniciada durante o aprendizado do espírito desde a fase em que ele ocupa o corpo físico no reino mineral.

A segunda, um outro tipo de onda mais sutil, também é produzida pelo espírito para que se manifeste expressando todas as suas experiências pela comunicação. Esse tipo de pensamento se inicia para o espírito na fase de animalidade, automatizando-se durante o início do processo de humanização. É dominado completamente pelo espírito durante o trânsito para a fase de arcanjo.

Portanto, pensa o espírito e aprende a pensar desde a sua criação. De maneira simples, podemos dizer que pensa para si mesmo no reino mineral e no reino vegetal. Pensa para o mundo no reino animal e aprende a pensar para Deus no reino hominal.