BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

A comunidade dos terapeutas

Amigo leitor, dando continuidade ao estudo de “O Evangelho Segundo o Espiritismo’’, nos deparamos com os terapeutas. Tal qual os essênios, esses povos foram constituídos de espíritos contemporâneos que já dominavam as leis divinas e as manifestavam em seu cotidiano.

Ao longo da história, podemos observar que núcleos de homens de bem construíram sociedades para que ficassem marcadas no tempo como um livro que pudéssemos acessar, nos dando as diretrizes de como construir a sociedade terráquea.

Os terapeutas tinham uma alimentação extremamente frugal, vegana e se mantinham de forma simples, dedicando-se à prática da caridade através da cura. Em sua sociedade, entendiam a igualdade entre os espíritos, fossem humanos ou de outros reinos. Reinava a paz entre eles, que viviam a rotina de abnegação, renúncia, humildade, perdão e mansuetude.

Jesus, governador do planeta Terra, nos trouxe exatamente essas lições, que são a Constituição Divina, construindo o que hoje chamamos de evangelho. Esses povos nos deixaram a herança de sua vivência pacífica a fim de aprendermos a renunciar ao ego e ao orgulho, aderindo definitivamente
à construção da paz.