BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Contraditores da doutrina

No curso da história da civilização humana, não são poucos os exemplos de novas teorias que, embora dotadas de bases científicas, de evidências e de provas conclusivas, foram desqualificadas, rejeitadas e até ridicularizadas. Toda ideia nova passa por três fases: estupefação, negação e aceitação. Isso também ocorreu com a Doutrina Espírita.

Assim, Allan Kardec aponta que a maior parte das objeções provêm de preconceitos, de uma observação incompleta dos fatos e de um julgamento precipitado; ressaltando que para se conhecer as leis que regem novos fenômenos deve-se estudar suas circunstâncias, com persistente observação.

Lembra-nos que, como toda novidade, a Doutrina Espírita tinha adeptos e contraditores, e que sem a pretensão de convencer todos, apresentou no item “A doutrina e seus contraditores” respostas a algumas objeções, dirigindo-se aos que desejavam instruir-se, sem preconceitos ou ideias preconcebidas.

O fenômeno das mesas girantes ou mesas dançantes, que deu início à doutrina, remonta às mais altas antiguidades, repetindo-se nas Américas do século XIX e se expandindo para a Europa e outras partes do mundo. Tal fenômeno foi encarado com incredulidade no início, passando a ser aceito a partir da incrível multiplicidade das experiências. Era acompanhado de circunstâncias estranhas, como ruídos insólitos e golpes vibrados sem causa conhecida. Por vezes, o objeto era sacudido, derrubado, movimentado numa direção qualquer. E, contrariando as leis da estática, suspenso no solo e mantido no espaço.

Além da avaliação do fenômeno em si, o caráter das pessoas envolvidas na sua produção também deveria ser analisado para sondar quaisquer interesses escusos.

Para os detratores da doutrina que afirmaram que os fenômenos eram fraudes, lembrou o codificador que muitos eventos por não serem conhecidos ou explicados foram chamados assim. Complementou que, mesmo quando há a comprovação de fraude, o fenômeno em si não deve ser negado, evitando-se a generalização sem avaliação. 

Embora o Espiritismo tenha se iniciado com as mesas girantes, não ficou restrito. A partir dessas manifestações, leis naturais que regem as relações do mundo físico com o espiritual foram deduzidas na descoberta de uma nova dimensão da vida, despertando o homem para a realidade espiritual.