BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Mensagem de Natal

Dezembro nos relembra a luz do mundo, o momento mais divino que a Terra viveu: o esplendor da vinda do seu governador, a glória da passagem do Cristo Jesus entre nós – quando tudo se renovou em vida absoluta e quando a constituição divina foi deixada para nós. Jesus deixou mensagens impactantes e marcou o próprio corpo para que nossas almas ficassem marcadas pelo seu intenso amor. Demonstrou e prometeu que está preparado para todos os sacrifícios para que conquistemos a plenitude. 

O Espírito de Verdade nos ilumina a mente a nos dizer que o Reino dos Céus se aproxima, no processo de regeneração. Novamente, sem o perceber, sem nos darmos conta, incontáveis espíritos de luz transitam entre nós, auxiliando-nos. Vivemos um dos momentos mais gloriosos da história humana, mas estamos tão perdidos em nossas aflições, com dificuldade de entendimento devido à visão turva da matéria, que somos incapazes de sentir esse processo. Somos incapazes de perceber a luz do mundo se derramando entre nós. Não conseguimos vislumbrar que caminhamos nas estradas da conquista futura da regeneração. Nem compreendemos quais passos devemos dar para que possamos estar nesse processo. 

É imprescindível olhar a vida do Cristo, compreender Suas lições, sentir as passagens que nos deixou, vislumbrando a frase bendita “eu não vim para ser servido, mas para servir” ou “bem-aventurados os pobres de espírito, bem-aventurados os pacíficos”, entendendo os caminhos que nos levarão ao Reino dos Céus da Terra.  

Meus filhos, estudem com atenção o tesouro da Doutrina Espírita. E vislumbrem as lições contidas nesta revista porque ela significa as mãos luminosas de espíritos cheios de paz e amor a segurarem as vossas no caminho para a regeneração — lições de alfabetização do espírito, estudadas através do desdobramento da Doutrina Espírita.

Neste Natal, que nos remetamos a Jesus, acima de tudo. E que essas lições sejam uma introspecção individual e coletiva. Que a nossa mesa esteja farta de luz e esperança e que sejamos capazes de servir ao mundo, a Jesus, à natureza e aos animais. 

Aproveitemos o Natal para iluminar o Cristo com nosso serviço no bem, deixando de lado o sacrifício de nossos irmãos animais, com nossa mesa repleta de amor e fartura somente com o reino vegetal. Façamos os passos dos estudos do Evangelho e louvemos ao Senhor em gratidão e esperança por ter estado e por estar entre nós. O Mestre nos deixa a mensagem quando questionamos: “Senhor, o que desejas que eu faça?”. A resposta Dele, remetendo a todas as criaturas, homens, animais e natureza, será sempre “amai-vos uns aos outros como eu vos amei.”

Equipe Espiritual da Asseama