BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Sim, eles podem se comunicar!

Quando falamos em comunicação animal, provavelmente a lembrança que vem à sua mente é a de seu cão pedindo um petisco ou para sair em um passeio. Podem ser ainda gatinhos ronronando
e afofando, não? 

Mas você já parou para pensar que existem muitas formas de comunicação no reino animal? E que cada espécie tem uma forma específica de se expressar? Podem usar sinais sonoros, visuais, químicos e até táteis para estabelecer dominância, encontrar parceiros, defender território, coordenar o comportamento do grupo, cuidar dos jovens e expressar sentimentos.

Vemos pássaros coloridos cantando e dançando em busca da atenção de uma parceira. E ainda formigas marcando suas trilhas com feromônios que são deixados em maior ou menor quantidade, de acordo com o alimento encontrado.

Animais aquáticos, como baleias e golfinhos, também emitem sons únicos, tendo dialetos que até formam pequenas frases, segundo pesquisas realizadas.

 O que falar, então, da habilidade do papagaio cinza africano Alex? Ele era capaz de diferenciar formas e cores, dizendo isso em alto e bom som, sim! Quando eram colocados dois quadrados sobre uma mesa, um verde e um azul, e a pesquisadora Irene Pepperberg, sua tutora, perguntava a diferença entre as peças, ele era capaz de citar a cor de cada objeto!

E a impressionante história da gorila Koko, conhecida por ter aprendido a se comunicar por meio de um tipo de língua de sinais? Segundo Francine Patterson, sua cuidadora e instrutora, ela entendia aproximadamente 2000 palavras e mais de 1000 sinais dessse tipo de linguagem de sinais, tendo a capacidade de comunicação de uma criança de três anos.

Como a Doutrina Espírita está sempre à frente de seu tempo, em 1860
“O Livro dos Espíritos” já nos revelava essas informações:

Questão 594 – Têm os animais alguma linguagem? “Se vos referis a uma linguagem formada de sílabas e palavras, não.
Meio, porém, de se comunicarem entre si, têm. Dizem uns aos outros muito mais coisas do que imaginais…”

Os animais têm sua linguagem, compatível com sua evolução e o reino ao qual pertencem. Comunicam-se entre si, desde o menor inseto ao maior dos animais…e cada espécie tem seu meio de comunicação.

Desde as minúsculas espécies até as baleias, eles se entendem e se agrupam pela lei da harmonia. Concluímos, então, que há uma diversidade tão grande de formas de comportamento e comunicação que ainda iremos nos surpreender com esses seres fantásticos que dividem a Terra conosco.

Saiba mais sobre Alex e Koko em:  https://bit.ly/37GBE90
e https://bit.ly/34sieTq