BEM-VINDO À REVISTA ESPÍRITA ASSEAMA

Quer ser feliz?

Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados que Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei comigo que sou manso e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave meu julgo e leve meu fardo”    

Essas diretrizes do Cristo nos remetem a procurá-Lo sempre em nossas aflições, medos, sofrimentos. E nos demonstram que essas promessas estão contidas em suas lições. “Tomai sobre vós o meu julgo” é aprender com Ele sobre as leis divinas, constituição que rege o universo, e nos tornarmos mansos e pacíficos conforme Ele nos ensinou. Só então encontraremos a paz procurada. 

As diretrizes para que nós possamos chegar a essa paz íntima estão contidas no Novo Testamento. Kardec, através da estruturação da Doutrina Espírita, buscou o estudo do Novo Testamento à luz da sabedoria dos Espíritos Superiores. Assim, retirou da ordem cronológica, baseada na vivência do Cristo, nascimento, vida e desencarne, e o colocou em uma ordem lógica, questionando os espíritos luminosos que deram as orientações para que a Doutrina Espírita fosse codificada sobre cada versículo do Novo Testamento.

Convidamos você, amigo leitor, a traçar conosco os rumos desse estudo através de O Evangelho Segundo o Espiritismo. Vamos buscar a presença de Jesus em nossos sofrimentos, encontrando no livro sagrado todas as respostas de que necessitamos para resolver os desafios e o sofrimento.

Lá estão as afirmações para a construção de um futuro no qual encontraremos a paz e a alegria íntimas para enfrentar os desafios de forma a vivenciar as leis divinas. Vamos abraçar Jesus nas suas lições de amor e, finalmente, compreender as leis universais que regem os caminhos do espírito em seu processo de evolução e ascensão.

“…Homens, nós vos convidamos para o divino conserto: que vossas mãos tomem a lira, que vossas vozes se unam e, num um hino sagrado, se estendam e vibrem, de um extremo do Universo ao outro. Homens, irmãos amados, estamos juntos de vós. Amai-vos também uns aos outros e dizei, do fundo do vosso coração, fazendo a vontade do Pai que está no Céu: “Senhor! Senhor!”… e podereis ar no Reino do Céus”

Esses são trechos do prefácio de O Evangelho Segundo o Espiritismo. Nessas diretrizes há um convite para nos unirmos aos espíritos superiores que regem a transição na Terra e a construção de um planeta melhor. Ao realizarmos a vontade de Deus, contida em O Evangelho Segundo o Espiritismo, podemos senti-Lo perto de nós. Eles caminham conosco para que possamos compreender essas leis e conquistar o Reino dos Céus. Bom estudo!