Filho que me procura nas aflições de tua alma. Procuro agora a ti, apelando para o amor que sou capaz de enxergar em teu coração, para que olhe além de teu âmbito familiar. Deveria ser esta época a que mais os homens se abrissem ao amor verdadeiro. No entanto tenho derramado lagrimas aflitivas quanto ao destino humano, pois que acabou por ser a comemoração de meu aniversário uma das épocas mais sofridas para mim, o aniversariante.

Olhares suplicantes elevam-se na direção dos homens. Os mesmos homens que procuram aprender o evangelho. Olhares de pequeninos que não tem a quem recorrer. As crianças espirituais tal qual seu filho animal que traz a esta pequenina casa. Tenho por eles o mesmo amor que tenho por ti. Ainda assim… por mais que as lições sejam repetidas, ignoram os homens as suplicas das almas dos animais. Tenho visto, devastado, mesas forradas de cadáveres. Homens que oram a meia noite e procuram minha companhia, mas com que dor encaro o destino dos pequeninos animais. Eles têm alma, consciência, sentimentos. São capazes de sofrer e de amar. Vejo-os correndo pela Terra. A casa Terra. Vejo o sangue jorrando. Vejo a dor em seus olhinhos… sentem-se sozinhos, abandonados, e questionam aos bilhões: POR QUE?!! O QUE FIZ?!! POR QUE FAZEM ISTO COMIGO?!! POR FAVOR… POR FAVOR… POR FAVOR… NÃO ME MATEM!!! POR FAVOR… SABE, EU TAMBÉM AMO, EU TAMBÉM SINTO… EU TAMBÉM TENHO MEDO…

Suas suplicas são ignoradas. Mas falo a você, porque você meu filho, você é capaz de compreender. Diga a todos que conhecer que amem como amei. Diga que estão enganados quanto ao significado de meu aniversário. Diga que as mesas forradas de sofrimento, dor, tortura, miséria só refletem a ignorância e a crueldade dos homens. Ah filho… seja você um representante do amor. Comemore o natal com o carinho do pai que enxerga a dor dos filhos menores.

Está na hora disto acabar. Até quando vão os homens fingir que os animais não tem alma?! Por quanto tempo vão fingir que estas atitudes não são cruéis?!

Então é a ti que peço filho… em minhas aflições pelos animais e pela humanidade… porque se não forem aqueles que dizem amar os animais os que compreenderão estas minhas palavras e as levarão adiante, acabando com a violência, a crueldade e o sofrimento dos animais na Terra, quem será? Pensam os homens que o veganismo é uma forma de se alimentar, de se vestir. Não filhos… O VEGANISMO É O AMOR DO EVANGELHO FINALMENTE COMPREENDIDO. O VEGANISMO É A PAZ. OBSERVE TUA MESA E PREPARA-SE PARA ME RECEBER NO DIA DE MEU ANIVERSÁRIO, FAZENDO DE TEU PRATO A REPRESENTAÇÃO DA PAZ!